fbpx
your ads here

advertisement

Início » Sem categoria » Roteiro de enoturismo da RMC inclui colheita da uva nesta época do ano

Roteiro de enoturismo da RMC inclui colheita da uva nesta época do ano

Postado por 1 Comentário(s)

 

DSCN9134

Na Família Fardo Vinícola não são só os rótulos têm atraído os visitantes. Nesta época do ano, é o parreiral que também encanta quem visita o local. A uva niagara – rosada e branca – é colhida todas as manhãs pelo proprietário Ambrosio Fardo. Ele capricha na cesta que fica na entrada da vinícola para quem quiser experimentar e até levar uns cachos para casa.

Mas se o visitante está em férias ou tem um tempo livre, tem disposição para caminhar e gosta de apreciar a natureza, há a possibilidade de degustar a fruta no próprio parreiral, que só ao se aproximar irá sentir um delicioso aroma no ar.

A plantação é pequena. Anualmente, são colhidas cerca de 3 mil quilos da fruta, mas que já é o suficiente para quem quiser se deliciar e ter a experiência de saborear o fruto diretamente retirada do pé.

A variedade é a de mesa, apenas para o consumo próprio e dos visitantes, que não é a mesma utilizada nos vinhos elaborados pela vinícola, que requerem variedades finas e viníferas, provenientes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e algumas regiões do Paraná. “Começamos o plantio há uns 4 anos e optamos por essa variedade por ela ser mais rústica e menos exigente do que outras espécies, que necessitam de maiores cuidados”, diz Ambrosio, que completa: “A colheita, geralmente, acontece até a primeira quinzena de fevereiro”.

Ampliação

Apaixonado pela lavoura, no último ano o proprietário resolveu ampliar o parreiral e suas variedades, que só poderão ser apreciadas no próximo ano. O experimento conta com mais de dez espécies, com mudas vindas de Farroupilha, no Rio Grande do Sul. No espaço de 3 mil m², foram plantadas, por exemplo, Lágrima de Cristo, Dedo de dama, Itália, Violeta, Golde Fugi e Barbera 10.000.96. “Esta última faz eu recordar o passado, lembra muito o meu pai e o meu irmão, é uma variedade em que os cachos são bem grandes”, comenta Ambrosio.

O novo parreiral, que teve início em junho de 2016, deve ter a sua primeira colheita apenas em janeiro de 2018. Lá por agosto é realizada a poda, em setembro começa e florescer e brotar. “Por enquanto, aqui vale muito apena visitar para conhecer o processo do plantio, mas logo, logo para degustar também”, diz o proprietário.

Pomar

Em toda a área externa da vinícola, que conta com cerca de 70 mil m², além da uva, os visitantes também poderão observar o plantio de melão, melancia, pêssego, maça, kiwi, cebola, tomate, batata, entre outros.

A propriedade é um verdadeiro recanto verde. No local, também foram plantadas mais de 3 mil árvores, entre espécies da Serra do Mar e algumas mais exóticas como Alamos, Plátano, Cerejeiras e Cerejeira do Japão.

Degustação

Ao final de toda a caminhada pela área externa, uma deliciosa degustação dos vinhos finos também é recomendada. Com os dias mais quentes, a sugestão da casa é experimentar os rótulos com sabores refrescantes. O Rosé é o novo experimento da Linha Casa. Elaborado a partir da uva Merlot é um vinho para ser consumido fresco, ideal para acompanhar entradas. Já o Fiore, segundo lançamento da Linha Encontro, é um vinho de corte, que traz a combinação das uvas Malbec e Malvasia. Ideais para os dias mais quentes do ano, os rótulos devem ser servidos refrigerados de 6 a 8°C. Agradáveis ao paladar, os dois rótulos são aromáticos, com notas frutadas e florais.

Como chegar

 A Família Fardo Vinícola, que é aberta diariamente, das 9h às 17h, fica na Rodovia BR 116, 550, km 69, em Quatro Barras, na pista sentido São Paulo.

 

Categories

Sem categoria

Comentários(1)

  1. Cada vez mais admiro esse pessoal.Sempre com entusiasmo,força e determinação.

Deixe um comentário

Nome:

E-mail: Comentário: